Home Blog

26/11/2019

Uso da madeira e a sensação de aconchego nos ambientes

Esse material nobre na decoração também pode ser sinônimo de sofisticação e conveniência,
inclusive na utilização em confecção de móveis planejados.


Traduzir em cores, formas e texturas a atmosfera acolhedora de um dos bairros mais tradicionais e charmosos de Goiânia,
o Bela Vista. Este foi o desafio da design de interiores Lizete Queiroz, em um dos seus mais recentes projetos:
o decorado do Vivere Bela Vista, residencial recém-lançado pela Construtora e Incorporadora Queiroz Silveira.

O bairro localizado no limite dos nobres Marista e Bueno, divisa do Parque Areião, com comercio de altíssimo padrão,
e uma urbanização marcada por construções nobres, a direcionou ao projeto de design de interiores no estilo contemporâneo.

O aconchego e a comodidade são o carro-chefe do decorado. Para remeter a sensação de acolhimento a design investiu
muito na madeira, material presente em todos os ambientes e em diferentes cores e textura. Mas é na sala de estar, que
é integrada à cozinha, onde esse material é amplamente usado, com destaque para um painel suspenso, que também serve
de hack e delimita a cozinha e a sala. Uma enorme mesa de madeira com oito lugares faz uma ligação entre o espaço
de estar e a cozinha, trazendo uma proposta de buscar mais a aproximação entre as pessoas que vivem na casa.

“O objetivo foi atender uma demanda comum entre as famílias de hoje, que estão voltadas na aproximação entre pais e filhos.
Então criamos um espaço de convivência que é resultado da integração das salas de visita e jantar, cozinha e área de serviço.
Tudo isso resultou em um ambiente amplo e acolhedor”, destaca Lizete sobre o decorado que está disponível para visitação na
Central de Decorados da Queiroz Silveira, localizada na Alameda Ricardo Paranhos, nr 1.202, no Setor Marista.

Ainda no espaço de estar, outro elemento de madeira que merece destaque é um móvel para o acondicionamento de bebidas,
que compõe perfeitamente com um aparador em madeira. Em uma das paredes da sala, um revestimento que imita a madeira e
traz uma textura geométrica agrega charme e sofisticação ao ambiente. O enorme estofado na cor cinza claro, juntamente com
as cadeiras também revestidas em tecido cinza claro e um tapete na cor off white com desenhos geométricos na cor preta,
contribuem ainda mais para a sensação de bem-estar e aconchego. 

Planejados


Integrada ao ambiente de estar, a cozinha do decorado Vivere Bela Vista traz um espaço mais compacto, porém com total comodidade, onde tudo que se precisa está sempre à mão, graças a um inteligente projeto de móveis planejado,que está presente também em outros ambientes, trazendo charme e funcionalidade. 

“Na cozinha temos a cristaleira em vidro transparente que armazena a louça e dá leveza ao espaço. Outra peça foi o móvel planejado para armazenar cervejas artesanais ou outras bebidas, acoplado um belo aparador. Nos quartos da menina e do menino também temos o uso de móveis planejados que além de decorar tem sua funcionalidade”, esclarece Lizete, ao ressaltar que a madeira também está presente nestes ambientes, mas em outros tons.  

 

 Numa das suítes, imaginada para uma menina de oito anos a dez anos e que gosta da cor rosa e de pássaros, a design faz um uso interessante dos planejados.
“Temos três nichos ao lado da cama que foram instalados para dimensionar o espaço e ao mesmo tempo atender a utilidade da estante no quarto”, revela
Lizete ao falar do quarto que traz também uma escrivaninha com cadeira, e uma iluminação  suave que conversa muito bem com o papel de parede
com tons brancos e desenhos de pássaros. 

Já na outra suíte do menino a inspiração foi de um garoto que gosta de esportes e animais, o destaque foi o painel amadeirado e
iluminado na cabeceira e ao longo da lateral da cama. “Para descontrair o ambiente usamos também neste cômodo um papel de
parede com uma estampa bem lúdica e colorida, que faz referência aos esportes”, afirma.

Suite do casal


Por sua vez, na suíte do casal a design fez um espaço para a mulher, com uma penteadeira com gaveta, tampo transparente e uma estante em vidro. “Uma necessidade incondicional da maioria das mulheres”, ressalta Lizete Queiroz. Outro ponto é a cabeceira. “A cabeceira da cama em couro ecológico, em formato painel e em toda a extensão da parede deu elegância e conforto ao ambiente. O papel de parede na cor branca com estampa em penas no mesmo tom, o tapete e as cortinas no tom pastel completaram a decoração”, salienta.

A tradução da sensação de aconchego e bem-estar proposta pelo projeto da suíte do casal, pelo amplo uso da madeira e com uma iluminação suave, mas sem deixar o ambiente na penumbra, a design de interiores conseguiu compor um espaço acolhedor, de descanso e sossego, mas ao mesmo tempo clássico e requintado.

Voltar

siga nossas redes sociais